O que você deve saber a respeito do vinho

O que você deve saber a respeito do vinho 1

O vinho tem diversas características e variedades. Todavia antes de adquirir uma garrafa, você tem que saber um pouco sobre. Você descobrirá sua origem, características, classificação e como provar. Em vista disso você podes obter o vinho correto pra ti. Todavia como você sabe qual é o seu favorito? Se por algum motivo você queira investigar mais infos sobre isso vinhos ver para o nosso website.

Origem

A história do vinho é intrigante. Tem uma longa história, datando de milhares de anos antes de Cristo. A uva era o fruto principal da Europa e a cultura do vinho foi cultivada das montanhas do Cáucaso até a Península Ibérica. É também uma das bebidas mais antigas conhecidas pelo homem, o que a torna uma incrível bebida para beber com comida.

Até já, ninguém sabia exatamente onde o vinho era originalmente cultivado, semelhantes páginas web mas estudos recentes mudaram isto. Agora sabemos que o vinho foi produzido já em 5400 aC no Irã, e há evidências de elaboração de vinho já em 8100 aC pela Geórgia. Essas descobertas foram postadas há pouco tempo no processo da Academia Nacional de Ciências, o Journal of American Academy of Sciences.

Características

O vinho é uma deliciosa bebida que tem diversas características distintas. Um deles é o seu aroma, derivado das uvas usadas na geração. Dependendo da diversidade de uvas, os vinhos são capazes de ter aromas muito diferentes dos outros. Merlot da Califórnia, como por exemplo, terá um bouquet diferente da Merlot da Austrália. Os aromas de um vinho bem como podem necessitar do terroir onde foi cultivado. Além disso, diferentes variedades de uvas têm diferentes níveis de doçura.

Outra característica do vinho é o seu sabor. O vinho é composto por 4 componentes básicos, que provocam seu gosto: acidez, tanino, álcool e açúcar residual. Cada um desses elementos desempenha um papel contrário no sabor de um vinho.

Classificação

A classificação do vinho é um recurso usado pra categorizar tipos diferentes de vinho. Alguns dos critérios utilizados são o lugar de origem, abundância de uva, estilo e vintage. Esses critérios conseguem diversificar de região para localidade e com o tempo. Existem também outros fatores, como o valor, que conseguem ser considerados, contudo esses são os princípios básicos que orientam a classificação do vinho.

Os métodos quimiométricos são usados ​​para categorizar os vinhos e um modo é conhecido como perfil elementar. Os resultados do perfil elementar ajudam a identificar os vinhos por tua composição elementar. Alguns vinhos conseguem expor mais ou menos elementos que outros, porém ainda é possível distinguir diferentes tipos utilizando este procedimento.

Degustação

Provar o vinho é uma ótima maneira de assimilar sobre isto as características únicas de um vinho específico. Essa experiência envolve rodopiar, farejar e beber, permitindo que seu paladar descubra as nuances do sabor. Como você provar, você notará sabores familiares que, de outra forma, poderiam ter esquecido. Também, você notará nuances sutis, como mineralidade. Ao entender a provar os vinhos, você assim como se tornará mais hábil em distinguir o recurso de envelhecimento e aprender a distinguir as variedades de uvas.

A arte de provar o vinho é uma das atividades mais comuns entre os entusiastas do vinho. É uma ótima forma de entender sobre o assunto diferentes tipos de vinhos e ver o que mais lhe agrada. Diversas pessoas gostam desta atividade e até especialistas em vinhos porventura participarão. A degustação podes ajudá -lo a discernir diferenças consideráveis entre os vinhos, incluindo as diferenças sutis entre tipos diversos de chardonnay. Alguns chardonnays são encorpados e carvalhos, sempre que outros são frutados e leves. A degustação assistência a achar a personalidade de um vinho específico e podes ajudá -lo a tomar uma decisão informada a respeito quais vinhos comprar.

Privilégios para a saúde

O vinho contém um tipo especial de antioxidante, denominado como polifenóis, que protege o corpo contra danos por oxidação. Esses antioxidantes são localizados pela pele e sementes de uvas e são responsáveis ​​pela ampla gama de privilégios à saúde que o vinho podes dar. A concentração de polifenóis no vinho varia de acordo com a diversidade de uvas e vintage. Eles assim como são diferentes pra cada sujeito.

Os pesquisadores descobriram que os bebedores de vinho moderados têm um risco pequeno de doenças cardíacas do que os não -riscos. Esses pesquisadores acreditam que os antioxidantes de polifenol presentes no vinho reduzem o risco de doenças cardiovasculares e outras doenças metabólicas, como colesterol grande e pressão arterial. Além do mais, o consumo moderado de vinho podes melhorar a saúde mental e ampliar a longevidade. Para caso tenha angústia com relação a onde e como utilizar vinho, você pode entrar em contato conosco no nosso respectivo website.