Entrevista / Fabio Capello

Entrevista / Fabio Capello 1

P.-Me o coloca muito dificultoso, Fabio. R.-a Minha cabeça, o que você quer saber da minha cabeça? Segundo viu-o entrar no corredor me pareceu que você tinha uma potente cabeça de patrício romano, no entanto acho que não é o momento mais adequado pra fazer este comentário.

R.-Outros disseram isso de imediato. P.-Que idiota. Devia ter provável. Certamente você tem crido e até o cultiva. o que significa? P.-eu Quero expressar que a melhor coisa explode. R.-Não. Eu não exploto o meu físico. Não me importa muito o cuidado pessoal.

P.-Pois tinham-me dito exatamente o contrário. R.-Aqui toda humanidade fala de mim sem me ver. P.-Não é verdade, desta forma, que valoriza muito a estética, o que se gasta em uma pasta em fatos, que ama oferecer o pego de refinado? R.-Valorizo a elegância, pelo motivo de tudo na vida tem que ter um significado, também a roupa que você coloca pra sair à via. Como se diz quando uma peça é bem compensada com outra? como se chama significado a isto?

R.-Ecco. Harmonia, equilíbrio. Muita gente diz coisas de meus ternos, no entanto eu não sou muito fã dos fatos. O que acontece é que em Madrid há calor ou gelado, sendo assim com uma americana vai bem a qualquer divisão.

Em Milano é desigual. como é que se diz giacchettone? Gosto dos casacos, camisolas, as roupas que não precisam de gravata. Gosta de demonstrar de roupas. R.-Bom, eu gosto da roupa, da escolho pessoalmente e acho que imagino alguma coisa, no entanto não sigo muito a moda. Há coisas modernas que não gosto nada, como também há coisas caras que me parecem horríveis. P.-Quem são seus estilistas favoritos?

R.-Os últimos detalhes me fez Palzileri, que é bastante clássico, todavia os meus preferidos são Armani e Gianfranco Ferré. P.-Aponta-você é muito grande. R.-São meus amigos e ótimos designers. P.-Fale de suas manias. De certeza que as tem. E não suporto as meias curtas. Quando um homem cruza as pernas e ensina a borda de meias e os pêlos das pernas, me doem os olhos.

Isso me parece antiestupro. R.-Os homens com meias curtas assim como são antilujuria. P.-o Que lhe incomoda mais, uma crítica esportiva ou um julgamento estético a respeito da sua pessoa? R.-Não me molestaria visto que não é verdade. Eu não sou um homem vulgar e brega. como se diz preconceito? O pior é que falem do homem Fabio Capello, sem conhecê-lo.

  • Mensagens: 4.260
  • 2012: “Resurrection” – Angger Dimas (Vicious Recordings)
  • Dr. Blind, advogado de Gabriel (tenor rapidamente)
  • oito Principais eventos esportivos organizados em Vigo 17.8.Um Eventos esportivos anuais
  • A SIM, este aparelho é uma eSIM

Mais do que as avaliações esportivas, mais que tudo, me incomoda que pensam sobre isto mim e que interpretem os meus pensamentos. Quando aconteceu o problema com o presidente Sanz escreveram coisas muito pesantes. R.-Como se diz pesantes? R.-Eram interpretações chato, por isso eu enfadé. P.-Está insinuando que em Portugal não temos compreendido?

Em Portugal me compreendeu quem quis comprenderme. Tenho passado alguns meses fantásticos, conheci lugares muito essenciais e, ademais, comprei uma residência em Marbella. Mas o serviço de um treinador é um serviço duro e para fazer isto você necessita isolarti. como se diz isolarti?

R.-Se não se aíslas, você está perdido. A cabeça se ajustando para fora. P.-Perdão, mas ultimamente temos visto muito nos touros. Quando vejo um ótimo toureiro tenho a impressão de que dança. A corrida é a arte do touro e a arte do toureiro.